Entrar
  
ForumMercado
Entrar
Notícia / Política

Conselho de Ética analisa pareceres sobre perda de mandato de quatro deputados  


Perda de mandato de deputados federais
  10/04/2018
  17:31
  Atualizado em 21/08/2018 18:30
 

Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados realiza reunião nesta tarde para discutir e votar pedidos de perda de mandato de quatro deputados: Celso Jacob (PMDB-RJ), Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Paulo Maluf (PP-SP) e João Rodrigues (PSD-SC). 

O parecer preliminar referente ao processo pela perda do mandato do deputado Celso Jacob é de autoria do deputado Sandro Alex (PSD-PR). Jacob foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a sete anos e dois meses em regime semiaberto por crimes de falsificação de documento público e dispensa irregular de licitação quando era prefeito de Três Rios (RJ). Ele cumpre pena no presídio da Papuda, no Distrito Federal, desde junho de 2017. A representação contra Jacob foi feita pela Rede Sustentabilidade. 

Também está na pauta do Conselho a retomada da discussão e votação do parecer do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR) sobre a perda do mandato do deputado Lúcio Vieira Lima, investigado pela Polícia Federal por crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e ameaça. A representação, apresentada pelo Psol e pela Rede, foi parcialmente acolhida pelo relator.

Paulo Maluf
O Conselho de Ética também pode votar a representação da Rede contra o deputado Paulo Maluf, que está afastado do mandato e cumpre pena de prisão domiciliar por motivos de saúde. Maluf foi condenado no ano passado pelo STF a sete anos e nove meses de reclusão e perda do mandato por crime de lavagem de dinheiro. O deputado João Marcelo Souza (PMDB-MA), relator, ofereceu parecer pela continuidade do processo no Conselho de Ética.

João Rodrigues
O último ponto de pauta do conselho é a discussão e votação do parecer preliminar do deputado Ronaldo Lessa (PDT-AL) à representação da Rede contra o deputado João Rodrigues, que também está preso.

Rodrigues foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a cinco anos e três meses de reclusão pelos crimes de fraude e dispensa irregular de licitação quando era prefeito de Pinhalzinho (SC).

Na reunião também deve ser anunciado o nome do relator da representação em desfavor do deputado Alberto Fraga (DEM-DF). O Psol, autor do pedido, quer a cassação do mandato de Fraga por ele ter publicado fake newssobre a vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro.

Hora e local
A reunião do Conselho de Ética será realizada às 14h30, no plenário 11.

Fonte/Autor: Câmara dos Deputados, para Brasil Futuro.
   perdamandatoconselhoeticadecoroparlamentarmalufjacob
  Ir para o link externo
MBF
© 2018 MOVIMENTO BRASIL FUTURO.      Todos os direitos reservados.